todos os direitos de desenvolvimento do blog reservados a Entertainment Music Group. Tecnologia do Blogger.

Os efeitos do álcool nos resultados do seu treino.

>> quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

A pergunta continua: qual o efeito do álcool no corpo e como isso pode prejudicar meus objetivos na academia?
Desidratação
Vamos começar, álcool desidrata. Um efeito colateral comum da bebida alcoólica, principalmente da cerveja, é o efeito diurético.
Mesmo composta por aproximadamente 90% de água, uma simples cervejinha tem etanol suficiente para desidratar o organismo. A mais comum, a Pilsen, tem de 3 a 5,5% de etanol. Presente nos drinques alcoólicos em geral, é ele que inibe o hormônio antidiurético, provocando aquela vontade constante de fazer xixi. Com isso o corpo perde líquido, e a concentração de toxinas no sangue aumenta rapidamente.
E como você já deve saber o nosso corpo e, principalmente nossos músculos, são constituídos por 70% de água aproximadamente.
Como muitos sabem, músculos hidratados e super-hidratados permitem um melhor ambiente anabólico. Pelo fato de suas células não estarem segurando tanta água, se torna muito mais difícil construir músculo.
Sono
Quem procura aumento de massa muscular sabe o quanto uma boa alimentação e o descanso são fundamentais. O uso constante de bebidas alcoólicas altera o sono, o que faz com que o corpo não se recupere adequadamente. Além de perder a disposição para malhar o indivíduo que “mete o pé na jaca” com freqüência reduz a liberação de hormônio do crescimento.
Aumento do cortisol e diminuição da testosterona
Em um estudo realizado com 8 voluntários foi concluído que após o consumo alcoólico houve uma queda nos níveis de testosterona e um aumento nos de cortisol (um hormônio antianabólico). Quanto mais os níveis de testosterona estiverem altos e o de cortisol baixo, mais difícil manter seu ganho muscular. Em níveis mais altos de consumo de álcool, os níveis de testosterona chegam a cair 25%.
Diminuição da absorção de vitaminas e minerais
O álcool é rapidamente absorvido pelo organismo e acaba por alterar seu metabolismo e a capacidade de absorver bem os componentes dos alimentos através do intestino delgado. Desta forma vitaminas importantes como B1, B6 e B3 e o ácido fólico tem sua absorção reduzida. Essa deficiência alimentar provoca reações danosas, causadas também pela queda acentuada de potássio, magnésio, cálcio, zinco e fósforo.
Com o seu fígado preocupado em converter o álcool em acetato, qualquer vitamina ou mineral que passar por ele terá sua absorção reduzida, ou prejudicada, sendo eliminadas juntamente ao processo de desintoxicação.

Diminuição da síntese protéica
A síntese protéica, e conseqüentemente o ganho de massa muscular, é prejudicada quando se consome álcool. Um dos principais aminoácidos responsáveis pela estimulação da síntese é a leucina. Estudos com animais mostram que com o consumo de álcool o estímulo para a síntese por este aminoácido fica reduzido e com intoxicação aguda por álcool a síntese protéica diminui aproximadamente 70%.
O objetivo deste artigo não é fazer com que você pare totalmente de beber. Mas é bom para que compreenda os efeitos do uso contínuo no seu corpo e o prejuízo que pode trazer ao seu crescimento. E se for beber, lembre-se de consumir bastante água. Bons treinos!

(Pesquisa tirada do Blog Entre em forma.)

0 comentários:

Aviso

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."

Direitos de Imagens

As imagens ou fotos que estão no blog são fornecidas por Academia Lucinéa arte e dança.
Todos os direitos de imagem de alunos são reservados por Lucinéa Cândido.


Academia Lucinéa - Centro de Atividades Física Av. Tiradentes nº2.159 Bairro Alto Matão-SP Fone: (16) 3382-1867 E-mail: lucinea.arteedanca@hotmail.com

  © Blogger templates Palm by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP